TEXTOS
11/01/2021
Flashback de um jovem vestibulando.

Na sexta recebi e-mail da Fuvest me lembrando da prova domingo agora. Ontem, no caso. 

Lá fui eu ler tudo que podia sobre a prova. Tentar me inteirar de o que levar, protocolos de segurança e higiene, local, tempo, pode levar meus litros e litros de água? Caneta? Caneta azul, azul caneta… Que cor? Lápis? Relógio não pode! Rs

Muitas dúvidas, afinal eu prestei esse mesmo vestibular 20 anos atrás. Ops, 18. Fui corrigido por uma amiga (que foi da minha classe e aparentemente tem uma memória melhor que a minha).

Não imaginei a quantidade de pessoas que me escreveriam. Absurdo. E o que mais me chamou atenção foi a empolgação da galera e boa sorte que recebi.

Logo na primeira questão me deparo com um texto sobre o Coringa. Sorri e comecei com o pé direito. 

Foi uma experiência muito maluca. Não me preparei, a minha intenção (que tinha intensão de tensão tb) era passar por aquela situação, observar e vivenciar anos após, e num contexto totalmente diferente o ecossistema (amo essa palavra) da prova.

Foi algo meio que libertador. Sair da minha zona de conforto e ao mesmo tempo me ver  na galerinha mais nova. Nervosismo, uns tremendo, não conseguindo ler o número da sala, mesmo estando escrito numa folha em Arial tamanho 900, mãos soando, máscara asfixiando e sem ar condicionado (pandemia ainda potencializou algumas coisas).

Várias horas brisei nas pessoas que estavam perto de mim, me pegava lembrando como eu tinha mil dúvidas da carreira, sucesso, futuro, estágio, grana, se ia conseguir um dia comprar um carro… se minha mãe teria orgulho de mim… passou um filme de toda minha carreira. E quanta coisa fiz e conquistei nesse tempo. Lembrei de coisas que nunca deveria esquecer.

A sensação era meio que aquela de ir pela segunda vez na montanha russa com quem está indo pela primeira vez. Sempre vai dar frio na barriga, mas vc sabe o que te espera. Ou não. Rs

Que curso? Passei pra segunda fase? Se passar vou fazer? Passar? Essa novela não acaba aqui. Contarei cenas dos próximos capítulos em breve no stories, no feed e no igtv. 😉

#Educatenimento #Fuvest #AndréVasco #Vestibular2021

COMPARTILHE
Facebook
Google Plus
Twitter
COMENTÁRIOS
Comentários  (0) Comentário(s) - deixar seu comentário
24/09/2020
Sonho. Cadê minha paçoca? | #DiárioDiPai

5h00 da manhã, como um galinho do interior, Wolf chora. Numa velocidade mais rápida que da luz levanto num salto me esquecendo da hérnia de disco e da gravidade.

No caminho do quarto dele Maya grita “paiêêê”, desvio o caminho e vou em direção a ela. Não por ser a mais velha, mas por questão de estratégia. Se ela resolver, ela acordará o bairro todo..

“Papaizinho, quero lêti”. Coloco ela no colo, a hérnia da sinal de vida. Estou descalço, o chão tá frio, enquanto esquentamos o leite da janela vemos um trem passando. Sopro de realidade, de que muitos já estão de pé faz tempo. Na piscina tem gente nadando. Oi? 5 da manhã?!

Mamãe está com um e eu com a outra. Maya, entre mexidas e remexidas com os olhos arregalados o meu sonho é deitar e dormir. Só isso, normal.

Normal, afinal o que é normal? Essa palavrinha virou anormal já. Rs

Maya dormiu, que alegria, vou sorrateiro (adoro essa palavra) para o quarto só imaginando a cama quentinha… no quarto ao lado mamãe está com o fulaninho que também está com os olhos arregalados.

Olho no relógio, são 6:48. Só vem a cabeça aquela musica, “bom diaaaaaa, o sol já nasce lá na fazendinha…”.

Há esperança, cadê minha paçoca? Chucha no café e bom dia.

#DiárioDiPai

COMPARTILHE
Facebook
Google Plus
Twitter
COMENTÁRIOS
Comentários  (0) Comentário(s) - deixar seu comentário
01/06/2015
VSF Band!

Começou com um flerte, nos reaproximamos num flashback que nos fez lembrar nosso primeiro caso, um amor de Verão em 2009.

Nessa relação de quase dois anos, só tenho a agradecer a oportunidade de ter ganho um programa diário, que depois invadiu até mesmo os finais de semana. Teve épocas que estive de segunda a segunda nas tardes da Band.

Conheci e ganhei pessoas maravilhosas, mais amigos, e saio de cabeça erguida. Pois exerci minha função da melhor maneira possível, alcançando índices acima para o horário, entregando alto para o Datenão e, o melhor de tudo, sem deixar rancor e raiva por onde pisei.

Encerra hoje um namoro, uma etapa, um projeto. A vida é feita de projetos. Tudo tem um ciclo e o do “Sabe ou Não Sabe” chegou ao fim definitivamente, nunca por incompetência minha ou da equipe.

Fico muito feliz e honrado toda vez que alguém e, acredite, em todos os cantos do Brasil (até mesmo fora dele), me abordam.

Na TV é muito comum falar EU criei, EU fiz, EU não sei o que. Falo em NÓS. Pois NÓS viramos referência para a detentora do formato perante os outros países que o programa existe, nós fizemos milagre com uma equipe enxuta.

Muito obrigado Diego, Denise, Sugueno, Nathi, papai Macarrão, Beto, Lico, Pablo, Sarah, Tartaruga, Paula… todos, todos os funcionários que fizeram parte direta ou indiretamente do projeto e especialmente aos milhares de telespectadores que me apoiaram e me apoiarão.

O melhor de acabar um projeto é que outros começam!

 

Valeu, Saudades, Foi foda Band!

COMPARTILHE
Facebook
Google Plus
Twitter
COMENTÁRIOS
Comentários  (172) Comentário(s) - deixar seu comentário
18/03/2015
Fã + Fã = Fã

Malucos, que não se cansam, não dormem, estão em todos os lugares, sabem tudo da sua vida, tudo que vc faz, dedicam mto do seu tempo, te defendem, votam para os mais diversos prêmios, choram, vibram, brigam, cobram, prestigiam, rezam… Mto obrigado à vcs, que me escolheram como um integrante, como parte da família. Um bjo em cada um de vcs que fazem com que tenha sentido o meu trabalho. Amo vcs!

Eu sou fã, muito fã de cada um dos meus fãs!

Fiquem com papai do céu!

COMPARTILHE
Facebook
Google Plus
Twitter
COMENTÁRIOS
Comentários  (2) Comentário(s) - deixar seu comentário
Topo
Topo
AndreVasco.com by AndreVasco.com is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 2.5 Brazil License. Site by Miss Lily

André Vasco

Currículo

Fotos

Vídeos

Imprensa
André Vasco Currículo, Fotos, Vídeos, Imprensa
André Vasco André Vasco André Vasco